checklist site para hotel ideal

Checklist do site para hotel ideal para converter viajantes em hóspedes

Todo site para hotel tem elementos em comum. Entre os quais: botão de reservas, informação para contato, fotos dos quartos divididos por categoria… O básico todo mundo tem. Agora, como você apresentará esses elementos em seu site, que fará diferença.

Outros vão um pouco além e adicionam os reviews dos hóspedes, link para o Instagram, vídeos em alta qualidade, imagens otimizadas…

O verdadeiro trabalho começa quando você pensa no site além do visual. São usados elementos que melhoram a usabilidade para o mobile, pop-ups com ofertas e pacotes, chats de atendimento, um widget do Google Maps e muito mais.

De acordo com dados do Google Think Insights, usuários satisfeitos com a experiência em seu site tem 67% de chances de se tornar um hóspede. Porém, criar o site ideal não é fácil.

É preciso investimento, criatividade e uma mente inovadora. Para ajudá-lo, criei uma checklist com todos os elementos e ferramentas que precisam estar em seu site hoteleiro ideal! Você pode renovar o site do hotel a partir dessa checklist. Confira:

☐ Site responsivo para dispositivos móveis

Com o novo algoritmo do Google, um site com boa performance no mobile é priorizado nos resultados de busca. Verifique: Observe a taxa de rejeição e o tempo de permanência na página, comparando os acessos via mobile x desktop.

☐ Aplicativos de ofertas em tempo limitado para gerar senso de urgência

infotickets aplicativo vendas timer

Um gatilho mental é o senso de urgência, que leva o consumidor a tomar decisões mais impulsivas, por medo de perder uma oferta muito boa. Para um usuário mobile, cujo tempo de decisão da compra é curto, é fácil fisgá-lo com uma dessas ofertas de última hora.

☐ Integração ao Google Analytics para análise do tráfego mensal

Detalhe técnico que você não pode esquecer: monitore todo o tráfego pelo Google Analytics. Além de ser uma plataforma gratuita, oferece diversos insights importantes como: páginas mais visitadas e tempo de permanência em cada, origem e canal de tráfego.

Assim, você tem controle se as campanhas de e-mail marketing estão funcionando, se os viajantes chegam ao seu site pelas suas redes sociais ou sites de terceiros, como as OTAs ou blogs de viagem.

☐ Google Maps para orientar os viajantes a como chegar ao hotel

O importante de se ter um mapa em algum canto do site é orientar o hóspede a chegar ao seu hotel. Facilidade de localização é um fator importante na escolhe por hospedagem.

Se o seu hotel está muito bem localizado, perto dos principais pontos turísticos, com acesso rápido às praias, shopping e restaurantes, melhor ainda. Além disso, o Google calcula as melhores rotas de acordo com sua localização.

☐ Previsão do tempo do dia e da semana

O que todo hóspede não quer, é ser pego de surpresa durante a viagem. Manter a previsão do tempo da região em seu site vai ajudá-lo a se preparar melhor para quaisquer eventualidades e a chegar no seu destino preparado para já começar as férias!

☐ Chat de atendimento em websites de hotéis

O chat se tornou o principal canal de contato do hotel no ambiente online. De acordo com uma pesquisa da Harris Research, 53% dos consumidores preferem usar o Chat antes de ligar para uma empresa. Ainda, dados da Moxie Software apontam que 62% dos consumidores esperam que o Chat esteja disponível também para dispositivos móveis.

Seguindo a tendência, muitos hotéis estão incorporando os Chats de atendimento 24 horas com inteligência artificial, entre eles o Plaza Hotéis Resorts & Spas, como divulgado pela Hotelier News.

☐ Linkagem para as redes sociais

link para instagram no site de hotel ideal

Não se esqueça de disponibilizar os links para as redes sociais do hotel, de preferência do Instagram. Como esta última mídia social é a mais acessada pelos viajantes, é interessante dar destaque ao Instagram. Por exemplo, ao invés de simplesmente exibir o ícone, por que não usar um widget que disponibiliza os posts mais recentes ou os mais curtidos?

☐ Seção com avaliações de hóspedes

Mais de 50% dos viajantes não vão reservar em um hotel que tem nenhum review. A opinião de antigos hóspedes tem muito mais peso para um futuro cliente do que para a diretoria. Além disso, 76% dos viajantes estão mais dispostos a pagar mais por um hotel que tem bons reviews, de acordo com a TrustYou.

☐ Galeria de fotos em alta qualidade

Estudos científicos revelam que o olho humano consegue processar uma foto em meros 13 milissegundos. Isso é dez vezes mais rápido do que um piscar de olhos. Ou seja, o potencial da fotografia para transmitir conceitos é um dos pilares da estratégia de branding do seu hotel.

Por isso que, quando um website vai passar por uma renovação, otimização das imagens é o primeiro passo. Você percebe esse maior cuidado em hotéis de luxo, cuja imagem é um fator extremamente valioso para o seu público-alvo, e para qualquer propriedade hoteleira na realidade.

☐ Vídeos 360° em site para hotel na página inicial

tour 360° videos hotelaria

A tecnologia do VR, ou realidade virtual (virtual reality em inglês) está se aperfeiçoando cada vez mais e os custos estão diminuindo. Apesar do impacto imediato que as imagens têm para a cognição humana, um tour 360° é a epítome de uma experiência do usuário imersiva.

Vídeos em VR são recomendados, principalmente, para redes de hotéis e propriedades com grandes espaços internos. Nem mesmo fotos do quarto tiradas com uma lente fisheye conseguem capturar toda o aposento tão bem quanto um vídeo 360°.

☐ Horário de funcionamento da recepção e do chat online visíveis

Se o seu hotel não funciona 24 horas online, então é importante deixar claro o horário de atendimento. Assim como uma das principais dúvidas dos potenciais clientes é o horário de check-in e check-out, eles querem saber quando podem contatá-lo, principalmente para alguém cuja rotina é corrida.

Esses potenciais hóspedes têm poucos horários disponíveis e normalmente são fora do horário comercial da maioria das centrais de reserva.

☐ Botões “Call-to-Action” (CTA)

Call-to-Action são botões que induzem o usuário a fazer uma ação. Podem ser de vários tipos, mas o mais comum é o botão de “Reservar Agora” em sites de hotéis. Lembre-se de usar verbos nos textos de CTAs, por exemplo, ao invés de “Mais Ofertas” escreva “Ver mais ofertas”.

☐ Seção “blog” para divulgação de conteúdos que gerem tráfego

Blogs em um site de hotel são um meio de gerar tráfego de potenciais clientes. A ideia é aliar informações de interesse do público com os serviços disponíveis no seu hotel, ou na região da hospedagem, que o façam escolher a sua propriedade já na fase inicial da jornada de compra.

☐ Barra na página inicial de reserva simplificada

motor de reservas otimizado para hotel

Quanto mais rápido e fácil é o processo de reservas, melhor a experiência do usuário e consequente conversão do mesmo para hóspede. Então, revise todas as informações pedidas durante a reserva e faça um teste do tempo gasto para preencher os formulários.

Provável que você descartará alguns pontos desnecessários, por exemplo, número do telefone fixo. Ninguém mais usa o telefone de casa para fazer ligações às empresas. O número de celular já está ótimo.

☐ Pop-ups com pacotes sazonais e de eventos locais

Aproveite eventos importantes que movimentam o turismo na sua região para atrair hóspedes. Nesses casos, trabalhar com SEO local em conjunto com ofertas personalizadas, vai gerar tráfego orgânico e consequentemente, mais reservas diretas. Uma alternativa interessante para promover eventos em sua cidade para seus hóspedes é através de concierges online.

☐ Velocidade média de carregamento da página menor que 3s

O tempo de carregamento de uma página na internet é outro ponto que afeta seu ranking no Google. O primeiro passo para diminuir o tempo de carregamento em um site para hotel é otimizando as imagens. Existem diversas ferramentas online que diminuem o tamanho da imagem sem perder qualidade. O Google disponibiliza um teste de velocidade do seu site gratuito.

☑ Site para hotel otimizado!

Então, o que achou desta checklist? Nos conte quantos itens você já tem marcado no site do seu hotel! Pode parecer muita coisa, mas é tudo necessário se você quiser aumentar as reservas diretas do hotel e pagar menos comissões às OTAs. Essa é uma alternativa inteligente e lucrativa a longo prazo.